ANODIZAÇÃO - ABNT NBR 12309
 

Processo eletrolítico de tratamento de superfície do alumínio para fins arquitetônicos. A anodização promove a formação de uma camada uniforme de óxido de alumínio na superfície, melhorando sua estética e protegendo contra corrosão ou outro ataque do meio ambiente, como ar salino, fumaça industrial, entre outros.
O processo de anodização se dá em 5 fases:

1 - Pré-tratamento
Da superfície a ser anodizada através do desengraxamento, seguido pelo fosqueamento e neutralização.

2 - Anodização
Formação de camada de óxido de alumínio através de processo eletrolítico.

3 - Interferência
Processo eletrolítico que modifica a estrutura da camada anódica que possibilita a obtenção de cores diferenciadas na coloração eletrolítica, tais como: azul, verde, cinza, amarelo e outras.

4 - Coloração
Processo de deposição eletrolítica como sais metálicos usados para colorir a camada de óxido de alumínio.

5 - Selagem
Processo de fechamento dos poros da camada anódica através de hidratação do óxido de alumínio. As espessuras de camadas anódicas devem ser solicitadas em função da agressividade do meio ambiente, de acordo com a tabela abaixo.

Especificação da Camada Camada Anódica (Microns) Zona Agressividae do Meio Ambiente
A13 11 a 15 Urbana / Rural Média
A18 16 a 20 Marítima Alta
A23 21 a 25 Industrial Escessiva